Professor ou professora-cursista

Publicado: Wednesday, 03 April 2019 14:18 , Acessos: 10340
O público-alvo do curso de especialização em Ensino de Ciências "Ciência é Dez" são professores da rede pública de ensino, atuantes nas aulas de Ciências dos anos finais do Ensino Fundamental.
Não. Para cursar o "Ciência é Dez" não é preciso ter formação superior específica de Licenciatura em Ciências. É necessário que após ser selecionado pela instituição ofertante, no momento da matrícula, tenha formação superior completa e que, esteja atuando como professor de Ciências dos anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) em alguma escola da rede de ensino público do território nacional.
O Programa nesta fase é voltado apenas para professores da rede pública, tendo em vista o déficit de formação constatado pelos indicadores de avaliação educacional brasileiros. As vagas não preenchidas poderão ser ofertadas, em novos editais, para professores da rede privada.
 
O curso de especialização "Ciência é Dez" tem uma abordagem de ensino por investigação, que valoriza a elaboração de perguntas e de questões-problema.
O objetivo geral do "Ciência é Dez" é a formação de profissionais, em nível de especialização, no ensino de Ciências, de modo a garantir o direito à aprendizagem e a realização do projeto político-pedagógico da escola, a partir de um ambiente escolar que favoreça ao desenvolvimento do conhecimento, da ética e da cidadania. O curso pretende oferecer ferramentas que contribuam para uma ação dinâmica do professor no enfrentamento dos desafios postos no cotidiano de suas escolas e de suas salas de aula, de forma conectada à realidade da nossa sociedade tecnológica e globalizada. Além disso, é voltado ao reforço da compreensão de que o ensino e o aprendizado em ciências são muito mais do que o acúmulo de informações a se expor e a se reter: são surpreendentes, instigantes e desafiadores.
O curso "Ciência é Dez" foi construído a partir de um eixo norteador que é o de redimensionamento da prática docente em ciências – dentro e no entorno das situações cotidianas das salas de aulas da disciplina –, e que envolve todo o curso. Está, ainda, estruturado em quatro eixos temáticos: Vida, Ambiente, Universo e Tecnologia. O curso atende a uma carga horária total equivalente a 480 horas, divididas em três módulos distintos: Módulo 1 (150h), Módulo 2 (240h) e Módulo 3 (90h). O primeiro Módulo distingue-se dos outros dois por apresentar disciplinas (quatro no total) em uma sequência cronológica. Assim, o professor-cursista contextualizará as dinâmicas às necessidades do trabalho cotidiano em suas salas de aula de ciências a partir de ações teórico-práticas.

Os referenciais teóricos, o aprofundamento de conteúdos e a continuidade sistematizada das ações em sala de aula são desenvolvidos no Módulo 2, que é concluído com a proposta de projeto de ensino por investigação de cada professor. Durante o terceiro Módulo, são realizadas a execução e a discussão dos resultados do projeto, que se encerram com a defesa do Trabalho de Conclusão do Curso (TCC).
A proposta metodológica do "Ciência é Dez" permite que o perfil do curso se defina pela dinâmica de cada aplicação. Ou seja, durante o desenvolvimento das disciplinas, os contornos do curso passam a ter as características do professor que o cursa, dos alunos desse professor, da turma, do polo, da equipe responsável e da instituição aplicadora. Então, cada oferta, quando concluída, terá sido resultado de uma construção coletiva de diferentes agentes e será, de fato, exclusiva para cada professor que o cursou. Isto destacará o papel protagonista que ele desempenha em sua própria formação continuada.
O curso de especialização em Ensino de Ciências "Ciência é Dez" é de pós-graduação Lato Sensu.
O curso de especialização em Ensino de Ciências "Ciência é Dez" tem carga horária total de 480 horas, dividida em três módulos: Módulo 1, "Para perguntar e experimentar, é só começar!", com 150h; Módulo 2, "Para perguntar e responder, melhor saber!", com 240h e Módulo 3, "Se é para experimentar, vamos fazer!", com 90h. Prevê-se que essa carga horária seja cumprida em três semestres sequenciais (um por módulo) e que acompanhem simultaneamente os semestres do calendário letivo das escolas do Ensino Fundamental da região em que o curso está sendo ofertado.
Os alunos do curso de especialização em Ensino de Ciências "Ciência é Dez", assim como os de outros cursos ofertados pela Universidade Aberta do Brasil (UAB) da CAPES, não pagam mensalidades ou parcelas em todo e qualquer período da formação.
As atividades do curso de especialização em Ensino de Ciências "Ciência é Dez", assim como as de outros cursos ofertados pela Universidade Aberta do Brasil (UAB) da CAPES, são semipresenciais. Há atividades online em ambiente virtual de aprendizagem (AVA) da plataforma Moodle, e há, também, atividades presenciais nos polos, mas que são preferencialmente agendados em finais de semana. Ainda estão previstos encontros presenciais entre alunos, formadores e pesquisadores ao final dos módulos. Com isto espera-se que os resultados do desenvolvimento dos Trabalhos de Conclusão de Curso sejam compartilhados e discutidos.
Os alunos do curso necessitam de conexão com a internet para ingressar nas salas do Ambiente Virtual de Aprendizagem e ter acesso ao material do curso. Essa conexão pode ser feita ou intermediada por um dispositivo móvel como o smartphone. Porém, para a realização das atividades, é necessário um dispositivo (como laptop ou computador desktop) cuja configuração de hardware e de software favoreça a utilização de diferentes programas computacionais em trabalhos com textos, áudios e imagens.
O curso de especialização em Ensino de Ciências "Ciência é Dez" é ofertado por instituições públicas de ensino superior (IES), como Institutos e Universidade Federais, Estaduais e Municipais, credenciadas pela Universidade Aberta do Brasil-CAPES. As vagas oferecidas por cada instituição estão distribuídas por polos localizados em diferentes regiões do território brasileiro. As localidades e as vagas podem ser conferidas na lista de IES ofertantes do curso.
Cada instituição ofertante do curso lançará edital de seleção de alunos, indicando os critérios de elegibilidade e as normas gerais para os interessados em realizar o curso. O calendário definitivo e os editais serão amplamente divulgados por este site em momento oportuno.
Sim, mas todos os materiais de estudo e de instruções de atividades do "Ciência é Dez" são baseados em recursos didático-tecnológicos disponíveis online.
Sim, os alunos do "Ciência é Dez" terão equipe de formadores (tutores, professores e orientadores) da instituição na qual está inscrito acompanhando todas as atividades de formação, durante os três módulos do curso.
É necessário obter pelo menos a nota mínima estabelecida por disciplina e/ou por módulo e a aprovação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), de acordo com as normas da organização acadêmica e do regulamento de cursos de especialização da instituição de ensino superior ofertante.
Ao final do curso "Ciência é Dez", o aluno que cumpriu as atividades com resultado de avaliação igual ou acima do mínimo e concluiu seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) com aprovação, receberá certificação de título de Especialista na área de Ensino de Ciências, com reconhecimento do Ministério da Educação. A emissão do certificado de especialização será da Instituição de Ensino Superior responsável pela oferta do curso da qual o aluno participou.
Compartilhe o que você leu